9 de fevereiro de 2005


Alice Walker (1944)


Escuta, Deus gos­ta de tudo o que tu gostas — e de uma quantidade de coisas que tu não gostas. Mas, mais do que tudo, Deus gosta de ad­miração.
Estás a dizer que Deus é vaidoso? pergunto.
Ná, diz ela. Não vaidoso, apenas quer partilhar uma coisa boa. Acho que Deus fica lixado quando passas pela cor púr­pura num campo qualquer e não dás por isso.
Que faz ele quando fica lixado? pergunto.
Oh, faz qualquer outra coisa. As pessoas acham que agra­dar a Deus é só o que Deus quer, mas qualquer idiota que viva neste mundo pode ver que ele também está sempre a tentar agradar-nos.
Sim? pergunto eu.
Sim, diz ela. Está sempre a fazer-nos pequenas surpresas quando menos esperamos.
Queres dizer que Ele quer ser amado, exactamente como diz a Bíblia.
Sim, Celie. Tudo neste mundo quer ser amado. Nós canta­mos e dançamos, fazemos boquinhas e damos ramos de flo­res, para ver se gostam de nós. Nunca viste que as árvores fa­zem tudo o que fazemos, menos andar, para atraírem, a nossa atenção?

Alice Walker, A Cor Púrpura
.

2 comentários:

Pele disse...

Coincidência ou não, hoje, o teu post varreu-me no fundo!
Fica bem.

Graça disse...

Embora escolha os textos muito egoistamente, gosto de saber que também "coincidem" com alguém. Fica bem.