29 de dezembro de 2004


Maria Azenha (1945)

O prazo de validade da escola

o prazo de validade da Escola
está fora do Um
entrego-me nas horas a polir as unhas ao Todo

o buraco da fechadura do mundo
está sujo

as empregadas
fecham as portas e marcam faltas
no supermercado onde vivo

escrevo no quadro está calada vânia
sem a metafísica do sujeito além do mais
o teorema de pitágoras foi de certeza roubado
da internet para testar a professora do armazém

deviam todos vestir a mesma bata para não se distinguir
a bélgica da alemanha da espanha e por aí fora
e também o país às terças feiras
quando toda a gente vai fazer compras
ao armazém de george orwell

as refeições continuam a ser repressivas
ninguém sabe o que come "está bem"
mas ficámos uns com os outros por causa da noção do todo

Maria Azenha

.

2 comentários:

mariah disse...

pura coincidência, vir ter aqui.

a própria.

Visitarei este blog outras ocasiões.
obrigada.

Graça disse...

Agradeço a Maria Azenha a visita e as palavras. Não só as que aqui estão, mas todas as outras que partilha com quem a lê.